ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE HOMEOPATIA – APH

ESTUDOS DE HOMEOPATIA CLÁSSICA

HOMEOPATIA – PEDIATRIA
e
REPERTÓRIO – PEDIATRIA

pelo
Professor João Miguel Novaes (ND, DIH)

REPERTÓRIO CLÍNICO
PARA CRIANÇAS

João Corrêa Novaes – Tercena – Portugal

ADENÓIDES
As adenóides são gânglios linfáticos localizados na parte posterior do nariz e que podem aumentar de tamanho, obstruindo, além do próprio nariz, a garganta e a trompa de Eustáquio no ouvido, obrigando a pessoa a respirar pela boca, devido ao bloqueio parcial e a falar com tom nasalado. O motivo principal, que deve ser investigado para resolver o problema, normalmente é
alergia a algum tipo de comida.
Adenóides aumentados depois da vacinação, principalmente em crianças com suor abundante nos pés.
  • Silicea 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Adenóides aumentadas em crianças em desenvolvimento lento, que se cansam facilmente.
  • Calcarea phosphorica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Adenóides aumentadas em crianças pálidas, com excesso de peso, sujeitas a suores na cabeça à noite.
  • Calcarea carbonica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Adenóides aumentados em crianças com secreção nasal branda, espessa e amarela, que piora em ambiente aquecido, fluindo livremente ao ar livre.
  • Pulsatilla 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
CATAPORA (VARICELA)
É uma doença viral, caracterizada por febre seguida de erupções. O seu período de incubação é de aproximadamente de 14 dias e é contagiosa até à época de formação das crostas. A doença começa com calafrios seguidos por febre, dores nas costas e pernas e perda de apetite. Também podem ocorrer episódios de vómitos.
No dia seguinte as erupções transformam-se em vesículas mais ou menos transparentes, que começam como um ponto rosado e depois formam bolhas do tamanho de ervilhas. Os pontos aparecem primeiro no tronco, depois espalham-se pela face e membros. Vinte e quatro horas mais tarde são pústulas e após alguns dias secam, formando as crostas que descamam numa semana. Neste estágio a doença não é mais infecciosa.
Como protecção geral para familiares e amigos.
  • Varicella 30CH – 5 gotas uma vez por dia durante 7 dias.
Contra a febre, nos estágios iniciais, e impedir o prosseguimento da doença.
  • Ferrum phosphoricum 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
Se houver febre acompanhada por ansiedade e agitação.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre com face corada, pupilas dilatadas, olhos brilhantes e delírio agitado.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Quando a erupção aparecer:
Vesículas claras com base seca e pruriginosa, agravadas pela comichão.
  • Rhus toxicodendron 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupção escamosa, ardendo, com pústulas, piorando à noite.
  • Antimonium crudum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Vesículas com pus branco.
  • Kalium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Lesões muito grandes, com sonolência e transpiração.
  • Antimonium tartaricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Vesículas com pus amarelo e pele seca e escamosa.
  • Kalium sulphuricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Durante a convalescença, para acelerar a recuperação.
  • Calcarea phosphorica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
CAXUMBA (PAROTIDITE – PAPEIRA)
Esta doença viral comum na infância provoca edema das glândulas parótidas em vez de erupção cutânea. O período de incubação geralmente é de 18 dias, embora possa variar de 12 a 26. a doença é contagiosa na pessoa infectada desde 1-2 dias antes do aparecimento dos sintomas até 1-2 depois que desaparecem.
Muitas vezes o primeiro sinal observável é um inchaço doloroso das glândulas parótidas nas laterais do pescoço, nem sempre afectando ambos os lados. O edema aumenta durante 2-3 dias, acompanhado por febre, perda de apetite, dor de cabeça e lombar, desaparecendo após 10 dias.
Como prevenção geral para familiares e amigos.
  • Parotidinum 30CH – 5 gotas com água uma vez ao dia durante 7 dias, ou sete doses únicas.
Criança corada, olhos fixos e vítreos. Glândulas inchadas, quentes, avermelhadas e sensíveis à pressão. Dores pulsantes, irradiando-se para o ouvido.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Glândulas inchadas, saliva com odor fétido, língua com saburra e transpiração com cheiro desagradável.
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Glândulas muito inflamadas e aumentadas, com agitação.
  • Rhus toxicodendron 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Glândulas inchadas e endurecidas, com dores nos ouvidos ao engolir.
  • Phytolacca 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Contra o edema ganglionar, dor quando da deglutição e língua coberta por saburra branca.
  • Kalium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Face pálida e fria, mas o paciente deseja ar fresco.
  • Carbo vegetabilis 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Se o inchaço não regredir, seguido de dor de cabeça intensa.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Dor de cabeça intensa, nos estágios em que a doença já se estabeleceu. Saliva espessa e viscosa.
  • Pilocarpine mur. 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Caso haja envolvimento dos testículos ou das mamas.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Face pálida e fria. Envolvimento dos testículos ou mamas.
  • Carbo vegetabilis 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Paciente resfriado, com expectorações amarelas.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Em casos de complicação, com inflamação do pâncreas.
  • Phosphorus 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Durante o período de convalescença, para ajudar na recuperação das forças e da vitalidade.
  • Calcarea phosphorica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
CERA NOS OUVIDOS
É o acúmulo de espessa secreção cerosa no ouvido médio, bastante comum em crianças. Ela diminui a capacidade auditiva e pode provocar reverberação da voz. Geralmente não há dor nem infecção. Surdez intermitente, respiração pela boca, secreção de muco nasal amarelo-esverdeado.
A criança queixa-se, deseja ser confortada e consolada e está muito instável.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Gânglios inchados, expectoração de catarro em crianças que transpiram muito, estalos no ouvido.
  • Calcarea carbonica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Deficiência auditiva provocada pelas trompas de Eustáquio inchadas ou com catarro acumulado.
  • Kalium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Secreção espessa, com cheiro activo, do ouvido externo, salivação abundante durante o sono.
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
COQUELUCHE
É uma doença grave em crianças pequenas, e ocasionalmente fatal para bebés. O período de incubação é de 1-2 semanas, é infecciosa durante três semanas desde o seu começo e dura entre 2 a 10 semanas. Começa com um resfriado, com febre branda e coriza, mas a tosse seca e áspera transforma-se progressivamente em crises de tosse. Ao final desta crise a criança emite como que um guincho, quando luta para recuperar a respiração. A tosse pode ser suficientemente violenta para fazer com que a face fique azulada, com sangramentos nasais e vómitos. Algumas das complicações são pneumonia e lesões cerebrais por rompimento de vasos no cérebro. O tratamento homeopático da coqueluche é eficaz, principalmente se iniciado bem cedo. Os medicamentos homeopáticos devem ser dados até ocorrer melhoria, deve parar as doses quando houver melhoria e, somente as repita caso a recuperação não estacione.
Estágios iniciais:
Súbita tosse rouca, seca, sufocante e convulsiva que piora à noite e ao deitar, com ansiedade, inquietação e sede.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse rouca, seca e espasmódica, começando com resfriado, espirros e coriza aquosa que irrita o lábio superior.
  • Allium cepa 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse seca, ruidosa, violenta, repetitiva, principalmente à noite. Agitação, face quente e vermelha, coberta de suor. Sensação pulsante na cabeça. Melhora quando o muco é expectorado.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Estágio em que a doença já se estabeleceu:
Tosse espasmódica devido a constante comichão (coceira) na garganta, crises de falta de ar e face azulada. Entupimento ou sangramento nasal, peito ruidoso, com asfixia e vómito de muco que não contribui para melhorar.
  • Ipecacuanha 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse seca, frequente, ruidosa e espasmódica. Dificuldade para respirar entre as crises. Ânsias de vómito e asfixia. As crises de tosse dolorosas, são provocadas como que por cócegas na garganta, pioram após a meia-noite até por volta das duas horas da manhã e melhoram ao apertar o peito.
  • Drosera 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse violenta, explosiva, espasmódica, difícil de parar, piora ao respirar ar fresco, sucedida por intensos vómitos de muco.
  • Corallium rubrum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Crises de tosse com expectoração de muco viscoso, algumas vezes com vómitos, piorando das 23 horas à meia-noite e pela manhã ao acordar, melhorando ao beber água fria.
  • Coccus cacti 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse seca e espasmódica com crises de asfixia e face azulada. Podem ocorrer espasmos na garganta e acessos de soluços. Punhos fortemente fechados com os polegares dobrados para dentro. Os sintomas melhoram ao beber água fria.
  • Cuprum metallicum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse basicamente seca, com eliminação de pouco muco, mas é sufocante e bloqueia a expiração.
  • Mephitis 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
CRUPE
O crupe começa geralmente como um problema respiratório brando, com leve rouquidão. Desenvolve-se com rapidez, tipicamente à noite, com sensação de sufoco, voz rouca e tosse que arranha. Normalmente é difícil inspirar, resultando em grande ansiedade e medo. A crise persiste desde poucos minutos a algumas horas e pode repetir-se durante algumas noites.
Crises de sufoco e ansiedade, com tosse seca e agitação. Cabeça quente e o corpo frio.
  • Aconitum 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse profunda, surda, sibilante ou intensa, densa e entrecortada, com sensação de agulhas na garganta, melhorando com ar húmido.
  • Hepar sulphur 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse grave, profunda, intensa, produzindo irritação e queimação no peito.
  • Spongia tosta 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
Em situações desesperadoras.
  • Lachesis 6CH –5 gotas com água, cada 1-2 horas
DOR DE OUVIDO
Os ouvidos sempre devem ser tratados com cuidado e não devem ser cutucados (esfregados com objecto que possa ferir). O tratamento homeopático doméstico da dor de ouvidos precisa ser feito com cuidado, pois as infecções, se não tratadas, podem deixar cicatrizes e provocar sérios danos à audição.
Criança irritável, ansiosa e inquieta, com dor ardente.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Dor de ouvido com febre, orelha vermelha, calor e latejando. Criança agitada, corada e sensível a ruídos, movimento e toque.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Criança inquieta, irritável e com sede, querendo ser consolada constantemente. A dor é pior entre nove horas da noite e meia-noite.
  • Chamomilla 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Febre, dor e face congestionada ou ruborizada, com alternância entre palidez e rubor, com sangramento ocasional do nariz.
  • Ferrum phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Dores nevrálgicas agudas no interior ou em volta do ouvido.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Dor de ouvido com gânglios inchados e língua coberta por saburra branca.
  • Kalium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Dor de ouvido com secreção de catarro amarelo e língua coberta por saburra amarelada.
  • Kalium sulphuricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas.
Criança chorosa, desejando ser consolada, mas não irritável. Dor centrada na parte posterior do ouvido, sensível ao toque, penetrante e ardente, melhorando com aplicações quentes.
  • Capsicum 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Dores ardentes que pioram entre a meia-noite e três horas da manhã, melhoram com aplicações quentes.
  • Arsenicum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Dores em pontadas nos ouvidos.
  • Hypericum perforatum 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Dor aguda e ardente, melhorando com aplicações frias.
  • Apis 6CH – 5 gotas com água, cada 30-60 minutos.
Surdez e ruídos nos ouvidos por esgotamento nervoso ou exaustão.
  • Kalium phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
ENURESE NOCTURNA
Ocorre com cada vez menos frequência após os dois anos de idade, entretanto aproximadamente 10% das crianças entre quatro e cinco anos urinam na cama e com outros 10% isso só ocorre raramente. Dentre das causas incluem-se ansiedade, problemas familiares e na escola, alergias alimentares, urina ácida, infecções urinárias e vermes.
Grande quantidade de urina que encharca a cama.
  • Plantago 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese durante sonhos, encharcando a cama.
  • Equisetum 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese nocturna tardia durante o sono, ansioso e irritável.
  • Lycopodium 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese pouco depois de adormecer, principalmente em caso de pesadelos frequentes.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese nocturna em crianças jovens e pessoas idosas.
  • Calcarea phosphorica 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
A criança dorme profundamente e não consegue levantar a tempo de ir à casa de banho (banheiro – Brasil).
  • Kreosotum 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese tanto de dia quanto à noite, incapacidade para reter a urina ao tossir, espirrar ou rir. Urina na cama pouco tempo depois de se deitar, sem sentir que está urinando.
  • Causticum 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese nocturna em crianças maiores devido ao nervosismo ou pouco controle face ao nervosismo.
  • Kalium phosphoroicum 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
Enurese nocturna em crianças, com fluxo excessivo de urina.
  • Natrium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, em jejum e à noite.
ESCARLATINA
É uma doença bacteriana (estreptococos). O seu período de incubação é de 1 a 7 dias (2 a 5 em média). Considera-se como término da fase activa quando não houver mais febre, geralmente em torno de sete dias. A doença é mais comum no fim do Inverno e princípio da Primavera.
Os sintomas variam bastante, desde uma simples dor de garganta e inchaço dos gânglios do pescoço e febre com exsudação purulenta das amígdalas, náusea, vómitos e dor de cabeça. As erupções, brilhantes e vermelhas, normalmente aparecem no segundo dia, primeiro por trás das orelhas, alastrando-se rapidamente, com mais intensidade nas dobras dos braços e das pernas. A face não é afectada, embora frequentemente fique corada, com palidez em volta da boca. A língua apresenta a característica aparência de morango, geralmente com saburra. As erupções normalmente desaparecem após sete dias, com escamação da pele, principalmente nas palmas das mãos e solas dos pés. Entre as complicações raras, estão dor e supuração no ouvido, sinusite e supuração dos gânglios linfáticos do pescoço.
Como profilaxia, diminuindo a duração da gravidade, para familiares e amigos:
  • Scarlatinum 30CH – uma dose por dia durante sete dias, ou
  • Streptococin 30CH uma dose por dia durante a eclosão. Tomar a dose única em jejum.
Face corada e febril, com palidez em volta da boca. Muitas vezes Belladonna é o único remédio necessário.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Salivação abundante, com mau hálito e garganta dolorida. Alternância entre calafrios e febre.
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Para a supuração subsequente (posterior).
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Descamação da pele com pó fino.
  • Arsenicum album 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
FEBRE
A febre não é um inimigo a ser eliminado, mas um sinal de que o organismo está funcionando correctamente, tentando expulsar um invasor. As febres geralmente são precedidas por sensação de frio, talvez dor de cabeça e fraqueza nos membros. Ocorre normalmente um estágio de calor, quando a pele parece seca, aumento da frequência de batimentos cardíacos, sede excessiva e falta de apetite.
As febres consideradas brandas estão um pouco acima da temperatura normal do corpo (36-37ºC), mas abaixo de 38ºC, as moderadas entre 38-39,5ºC e as altas acima de 40ºC. Sob o ponto de vista homeopático, as febres podem adoptar uma dentre duas formas, dependendo da rapidez de instalação gradativa ou súbita.
Febre de início súbito:
Estágios iniciais de qualquer febre, com sede excessiva, não aliviada ao beber e pele seca.
  • Natrium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre súbita, geralmente por volta da meia-noite ou após tempo frio e seco, com palidez, ansiedade e sede.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Súbito aumento de temperatura com face vermelha, congestionada, pulso forte, olhar esgazeado, agitação e delírio.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre com inchaço da garganta. Dores agudas, em pontadas. Sensação de frio a despeito da febre, não tem sede, sentindo-se pior em ambientes quentes.
  • Apis 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre de início gradativo:
Face alternadamente vermelha e pálida, sente-se tremendo, embora sue com frequência, dor de cabeça latejante que melhora com aplicações firas. Pele húmida, língua vermelha e brilhante.
  • Ferrum phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Segundo estágio de qualquer febre, com língua coberta por saburra branco-acizentada.
  • Kalium muriaticum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febril, irritado e agitado, querendo calor. Sente sede, mas quando bebe água fria tem calafrios.
  • Nux vomica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre alta com dor muscular, fraqueza, sensação de peso e tremor nos membros. Parece estar com sono. Não tem sede.
  • Gelsemium 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febril, irritado e suando. Boca seca, muita sede a intervalos longos, quer deitar, ficar quieto e sozinho.
  • Bryonia 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre piora entre a meia-noite e as três horas da manhã. Criança agitada, ansiosa e exausta. Sente frio, quer pequenos goles de água. Dores ardentes que melhoram com o calor.
  • Aresenicum album 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Piora com mudanças de temperatura. Mau hálito. Corpo com odor fétido e suor oleoso. Boca húmida, mas com sede intensa.
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Exausto e inquieto, treme de frio e sua abundantemente.
  • Rhus toxicodendron 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
A criança quer bebidas frias que são vomitadas logo após ingeridas.
  • Phosphorus 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Febre que aparece à noite, com pele seca e quente.
  • Kalium sulphuricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
IMPETIGO
É uma erupção infecciosa da pele, com pústulas e crostas, geralmente em volta da boca e parte inferior do rosto. É mais comum em crianças, embora também possa ser contraído por adultos. Começa com vesículas claras, que logo se tornam turvas, rompem e espalham-se, formando crostas. As bactérias alastram-se quando as vesículas são tocadas e passando a mão em outra parte do corpo, ou pelo uso de toalhas ou roupa de cama contaminadas.
É mais grave em bebés recém-nascidos, quando a bactéria pode atingir os rins, ocasião em que se deve consultar imediatamente o médico para tratamento alopático.
Como profilaxia, reduzindo a duração e gravidade, aos familiares e amigos.
  • Strep/Staphysagria 30CH – 5 gotas em jejum durante 7 dias.
Lesões com dores semelhantes a espinhos enterrados, muito sensíveis a correntes de ar e até mesmo ao menor toque.
  • Hepar sulphur 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Crostas espessas, amareladas, que se alastram. Língua coberta por saburra branca e bolhas em volta das narinas e boca.
  • Antimonium crudum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Pústulas sobre uma base inflamada, que coçam, espetam e eliminam pus, afectando principalmente o escroto.
  • Croton tiglium 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupções em grupos, com queimação, picadas e comichão (coceira) intensas.
  • Rhux toxicodendron 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupções que ulceram formando crostas espessas e supuradas, principalmente no couro cabeludo, eliminando pus que irrita a pele ao redor.
  • Mezereum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupções húmidas que se transformam em crostas espessas, castanho-amareladas, coçando e sangrando quando escarificadas.
  • Dulcamara 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Crostas castanho-amareladas, coçando com o calor da cama, mau hálito e suor oleoso.
  • Mercurius 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Casos resistentes, com muito pus e difíceis de cicatrizar.
  • Calcarea sulphurica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
IRRITABILIDADE
Irritação e instabilidade. Melhora ao ser carregado ou segurado.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança que reclama muito, piorando ao ser consolado, muitas vezes com língua coberta por saburra branca.
  • Antimonium crudum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Choro ou lamentação sem motivo aparente. Difícil de agradar. Quer isto e aquilo, que logo depois recusa. Agitado, com sede, quer ser carregado, mas mesmo assim não melhora.
  • Chamomilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Irritação com raiva, piora pela manhã, melhorando com calor. Pode ter obstipação (constipação) ou diarreia.
  • Nux vomica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança ansiosa quando vai dormir, sonhos agitados com olhos semi-abertos, irritada ao acordar.
  • Chamomilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Irritação com raiva. Rancoroso, não deseja ser consolado nem confortado, principalmente durante a dentição ou se houver história de furúnculos e treçolhos (terçóis).
  • Staphysagria 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Quer coisas, mas as recusa quando lhes forem oferecidas, com irritação. Apetite talvez variável ou sempre com fome.
  • Cina 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Como resultado de muita agitação.
  • Hepar sulphur 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Após comidas muito temperadas.
  • Nux vomica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
PROBLEMAS DO SONO (INSÓNIA)
Sonolento, mas não consegue dormir.
  • Chamomilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança dorme de bruços, roça os dentes e agita-se violentamente durante o sono. Acorda assustada. Pode ter vermes.
  • Cina 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança dorme com os olhos abertos, resmunga durante o sono, irritável e impossível de agradar quando acordada.
  • Chamomilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança tem sono leve, mexendo-se muito. Sono intranquilo após transtornos emocionais.
  • Ignatia 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança assusta-se e grita durante o sono, suando na cabeça.
  • Calcarea carbónica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Criança só dorme por curtos períodos, resmungando durante o sono.
  • Antimonium tartaricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Sonambulismo em crianças magras com cabeça grande.
  • Silicea 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Pesadelos em crianças sensíveis. Chora, grita, com medo do escuro.
  • Phosphorus 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Crianças com pesadelos, sonambulismo e agitação nas mãos.
  • Kalium bromatum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
RUBÉOLA
É uma doença branda, mas muito contagiosa, com um período de incubação de aproximadamente 18 dias. É contagiosa desde o surgimento dos sintomas até que a erupção desapareça, geralmente em três ou quatro dias. É parecida com o sarampo, porém mais comum. Um episódio geralmente proporciona imunidade para a toda a vida.
Para tratar a doença no estágio febril e diminuir a sua duração ver o capitulo FEBRE. a seguir alguns remédios comuns para a febre.
Como profilaxia, reduzindo a duração e gravidade da doença, para familiares e amigos.
  • Rubella 30CH – 5 gotas com água, em jejum durante sete dias.
Febre súbita geralmente por volta da meia-noite, ou após tempo frio e seco, com palidez facial, ansiedade e sede.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Face alternativamente vermelha e pálida, sente muito frio, embora transpire frequentemente. Dor de cabeça pulsante que melhora com aplicações frias. Pele húmida, língua vermelha e brilhante.
  • Ferrum phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Súbito aumento de temperatura, com face vermelha, congestionada, pulso forte, olhar esgazeado, agitado e hilariante.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
As despontar das erupções:
Erupções parecidas com as do sarampo. Criança instável, chorosa, agitada e irritada. Querendo ser consolada.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Se as manchas se aglutinarem, parecendo escarlatina.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Gânglios inflamados, dores nos ouvidos ao engolir. Sintomas aliviados com bebidas frias.
  • Phytolaca 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
SANGRAMENTO NASAL (EPISTAXE)
O tratamento imediato para sangramento nasal é sentar o paciente com a cabeça levantada e aplicar água fria ou gelo na base do nariz, ou então diluir 1 colher de chá de vinagre de maçã com água e aplicar um algodão embebido dentro do nariz, ou 1 colher de chá de sal marinho diluído com água e aplicar um algodão embebido dentro do nariz.
Face vermelha, nariz vermelho, inchado e latejando.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Pequenas quantidades de sangue, sempre ao assoar o nariz.
  • Phosphorus 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Hemorragia nasal abundante, vermelho vivo, dor desde o olhos até à raiz do nariz.
  • Millefolium 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Sangramento recorrente sem causa óbvia, principalmente em crianças pálidas, sensíveis.
  • Ferrum phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
SARAMPO
É uma doença viral altamente contagiosa, com um período de incubação de 7 a 14 dias, sendo 11 a média. É contagiosa desde quatro dias antes do aparecimento das erupções até que desapareça. Nos estágios iniciais, os sintomas são os da gripe: inflamação e febre, com espirros, sonolência, lassidão, irritação, dores nas costas e membros, arrepios e sede. A tosse peculiar neste caso, é rouca e seca.
A erupção do sarampo geralmente aparece no quarto dia, com pequenos pontos vermelhos, como picadas de mosquito, que se juntam em círculos irregulares, como ferraduras. As manchas são elevadas e amadurecem, aproximadamente, em 1-2 dias. Normalmente são vistas primeiro na parte posterior das orelhas e linha frontal dos cabelos. Neste estágio a febre e os sintomas respiratórios são evidentes.
Como protecção geral para familiares e amigos.
  • Morbillinum 30CH – 5 gotas com água em jejum, durante sete dias.
Para tratar a doença no estágio febril e limitar a sua duração, ver o capitulo FEBRE.
Febre súbita, geralmente por volta da meia-noite, ou após tempo seco e frio. Palidez facial, ansiedade e sede.
  • Aconitum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Súbito aumento da temperatura, com face vermelha, congestionada, pulso forte, olhar esgazeado, inquietação e delírio.
  • Belladonna 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Face alternadamente vermelha e pálida, tremores de frio, embora suando com frequência, dor de cabeça pulsante, aliviando com aplicações frias.
  • Ferrum phosphoricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Quando as erupções já apareceram:
Criança inquieta, impertinente, buscando consolo. Grandes pústulas.
  • Pulsatilla 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupções que coçam e descamação da pele em escamas finas e secas.
  • Kalium sulphuricum 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Erupções com tosse seca, ruidosa e dolorosa. Piora com movimento.
  • Bryonia 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Tosse seca e estrangulada. Sede por bebidas frias. Talvez vómito.
  • Phosphorus 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Nos estágios mais avançados, com dor de cabeça, olhos vermelhos e com lacrimação, nariz escorrendo.
  • Euphrasia 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Sarampo com aparência arroxeada. Convalescença lenta. Paciente fraco e prostrado.
  • Sulphur 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
Para fortificar o organismo durante a convalescença.
  • Calcarea phosphorica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas
VACINAÇÃO
Parar tratar os efeitos deletérios.
  • Thuya 30CH – Uma dose por dia durante sete dias após a vacinação.
Para diminuir a dor, inchaço e inflamação.
  • Arnica 6CH – 5 gotas com água, cada 1-2 horas

Protecção geral
Os remédios que se seguem podem ser empregados como protecção geral contra doenças epidémicas sempre que estas ocorrerem na comunidade. Eles não são vacinas e não evitarão que a criança as contraia, uma vez que os homeopatas acreditam ser importante contraí-las espontaneamente, assim desenvolvendo imunidade natural, entretanto a experiência clínica profissional mostra que crianças usando estes remédios contraem a doença sob uma forma muito mais branda, com menor tempo de duração e menor incidência de complicações. Estes remédios não são vacinas são profiláticos.
É importante assinalar que eles também não têm qualquer acção protectora depois que a doença foi contraída. Os remédios a seguir são conhecidos como nosódios (nosódos) e podem ser adquiridos com homeopatas enviadas as suas receitas para a farmácia homeopática.
Podem ser administrados em qualquer ordem, mas geralmente só um cada mês, até que todos tenham sido tomados, por exemplo: Pertussin em Janeiro, Diphtherinum em Fevereiro e assim por diante.
O processo pode ser repetido, como reforço, cada ano subsequente, mas só é necessária uma dose única de cada remédio. Os nosódos podem ser dados como reforço em qualquer época. Se você souber de alguma epidemia de sarampo na sua comunidade, por exemplo, pode dar uma dose de Morbillinum diariamente, durante três dias, para que o seu filho adquira alguma resistência adicional.
Tratamento:

Coqueluche.
  • Pertussin 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Difteria.
  • Diphtherinum 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Poliomielite.
  • Polio mix 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Rubéola.
  • Rubella 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Sarampo.
  • Morbillinum 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Parotidite – papeira – caxumba.
  • Parotidinum 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Varicela – catapora.
  • Varicella 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Escarlatina.
  • Scarlatinum 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Influenza.
  • Oscillococcinum 200CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.
Febre ganglionar.
  • Nosódio para a febre ganglionar 30CH – uma dose diária, em jejum, durante sete dias.

Temas – homeopatia o que é, o que é a homeopatia, homeopatica, homeopatico, o que é homeopata homeopaticos, homeopaticas, homeopatas, o que é remedio homeopatico, remedio de homeopatia,remedio homeopaticos, medicina alternativa, remedio homeopata,tratamento com homeopatia,tratamento homeopático,tratamento homeopata,remedios homeopaticos,remedios de homeopatia,homeopatia remedios,remedios da homeopatia,remedios homeopatia,remedios homeopatas, homeopata medico, homeopatia medicos, medicos homeopata, médicos homeópatas, farmaceutico homeopata, medicina homeopatia, homeopatia medicina,homeopatia sao paulo, medicina homeopata, ansiedade e homeopatia.
Tags – Sobre a Homeopatia no Brasil, o que é a homeopatia, homeopatica, homeopatico, o que é homeopata homeopaticos, homeopaticas, homeopatas, o que é remedio homeopatico, remedio de homeopatia,remedio homeopaticos, remedio homeopata,tratamento com homeopatia,tratamento homeopático, tratamento homeopata,remedios
homeopaticos, remedios de homeopatia, homeopatia remedios, remedios da homeopatia, remedios homeopatia,remedios homeopatas, homeopata medico, medicos homeopata, médicos homeópatas, farmaceutico homeopata, medicina homeopatia, homeopatia medicina, medicina homeopata, ansiedade e homeopatia, homeoopatias.com, homeoppatias.com,homeopaatias.com,homeopattias.com,homeopatiias.com,homeopatiaas.com,homeopatiass.com,homeopatias..com,omeopatias.com, homeopatia, homeopatias, homeopata, homeopáticos, homeopático.